Mensagens que Edificam

Enfrentando as crises com a Palavra de Deus

Nestes tempos de crise, é bom lembrar que a Bíblia é especialmente importante. Em primeiro lugar, porque ela sempre nos indica qual é a vontade de Deus para nós diante de situações decisivas; em segundo lugar, porque ela tem princípios eternos e absolutos que, se praticados, nos levam ao sucesso; em terceiro lugar, porque ela é um tesouro de sabedoria, com imensos recursos para serem usados em quaisquer circunstâncias da vida.

A Bíblia é repleta de histórias de crise. Histórias positivas e negativas. Sim, porque ela não é uma saga de heróis, antes é um livro realista, que mostra o ser humano exatamente como é, com seus acertos e erros. Assim, quando os personagens dessas histórias tentaram resolver suas crises usando suas próprias forças, fracassaram redondamente. Mas, quando ouviram a voz de Deus e a obedeceram, foram vitoriosos. O poder para enfrentar as crises da vida pessoal, da família, da igreja e da sociedade vem de se ouvir e praticar o ensino bíblico.

A Bíblia nos dá o fundamento para enfrentar as intempéries da vida, como ensinou Jesus na parábola em que fala do homem que lançou o alicerce de sua casa sobre a rocha (Mt.7.24,25). A Bíblia é o martelo que destrói fortalezas humanas, derruba muros de auto-suficiência, mostra a fraqueza humana (Jr.23.29). A Bíblia é espada que penetra profundamente no coração humano, desvendando seus segredos (Hb.4.12,13). A Bíblia é espelho que nos revela exatamente o que nós somos, e assim nos mostra o que é preciso mudar para cumprirmos a vontade de Deus e sermos bem sucedidos em nossas lutas (Tg.1.22-25).

Faça como Jesus quando enfrentou uma das piores crises da sua vida terrestre. Depois de quarenta dias de jejum, ele ficou cara a cara com o Diabo, e o derrotou simplesmente usando a Palavra de Deus. A cada investida satânica o Mestre respondia: “Está escrito”. Naquele deserto, Jesus não tinha em mãos nenhum exemplar das Escrituras, mas estas haviam sido gravadas em sua mente e moldavam sua filosofia de vida, seu modo de pensar, falar e viver. Assim também, a Palavra de Deus deve dominar nossa mente de tal maneira que influencie nosso pensamento, nossa ação e nossas atitudes. Desse modo, teremos poder para enfrentar nossas crises.

Fonte/Autor: adiberj.org | Pr. Sylvio Macri